21 fevereiro 2006

Lalibela, Etiópia

Foto: jonslupek


Diante destas imagens, um amigo meu abriu a boca de espanto e exclamou: «Eu pensava que na Etiópia só havia crianças a morrer de fome!» Mas não, na Etiópia não há só crianças a morrer de fome.

Com efeito, estas imagens referem-se a Lalibela, um santuário cristão copta situado no planalto etíope, a 2700 metros de altitude. O santuário é constituído por 11 igrejas do séc. XIII que foram esculpidas na rocha vulcânica e não construídas com blocos de pedra. Cada uma das igrejas é, portanto, inteiriça; é a rocha local talhada pela mão do homem. Já houve quem chamasse a Lalibela a 8ª maravilha do mundo. Está classificada pela UNESCO como Património da Humanidade.

Lalibela, antes de ter este nome, chamava-se Roha. Era a capital da Etiópia no séc. XIII e tomou o seu actual nome do soberano que mandou fazer o santuário, o qual se chamou Lalibela. Diz a lenda que foi Deus que lhe ordenou que construísse 10 igrejas monolíticas, a fim de servirem de ponto de peregrinação para os cristãos, em substituição de Jerusalém que tinha sido conquistada pelos muçulmanos.

O estilo das igrejas de Lalibela não se encontra em mais nenhum país do mundo. É etíope. Africano, portanto. Quem disse que em África só há crianças a morrer de fome?


Foto: jonslupek

Comentários: 6

Blogger Phwo escreveu...

De nu dado
Obrigada por esta fantástica janela para a Etiópia e pela partilha. (Também da ideia que África não é apenas um continente a morrer à fome.)
Um abraço

21 fevereiro, 2006 04:03  
Blogger planaltobie escreveu...

Ééé, gostei da chamada de atenção. Em África nem tudo é morte e sombra.

PCosta

22 fevereiro, 2006 00:24  
Anonymous Tiago escreveu...

simplesmente fantástica a sensação que esta referência histórica e geográfica causou em mim. era um mundo se conseguissemos pensar na etiópia sem associarmos à tristeza das crianças.
Só será isso possível se acreditarmos e agirmos!

22 setembro, 2006 13:25  
Blogger Denudado escreveu...

Tiago, muito obrigado pela sua visita.

É verdade que a Natureza, na Etiópia, é muitas vezes adversa. É ainda mais verdade que o terrível sofrimento do povo etíope poderia ser combatido eficazmente se os homens quisessem.

26 setembro, 2006 10:39  
Anonymous Anónimo escreveu...

MUITO CLARA E FANTÁSTICA SUA EXPOSIÇÃO DO REFERIDO MONUMENTO.
POR MEIO !DESSE ELABORADO TEXTO, EU FIQUEI SABENDO QUE EXISTIA ESSE LUGAR LINDO E MISTERIOSO.
OBRIGADA DE CORAÇÃO!POR ME BRINDAR COM ESSE PASSADO-PRESENTE TÃO MARAVILHOSO.!

14 setembro, 2012 00:41  
Anonymous Anónimo escreveu...

MUITO CLARA E FANTÁSTICA SUA EXPOSIÇÃO DO REFERIDO MONUMENTO.
POR MEIO !DESSE ELABORADO TEXTO, EU FIQUEI SABENDO QUE EXISTIA ESSE LUGAR LINDO E MISTERIOSO.
OBRIGADA DE CORAÇÃO!POR ME BRINDAR COM ESSE PASSADO-PRESENTE TÃO MARAVILHOSO.!

14 setembro, 2012 00:44  

Enviar um comentário