01 fevereiro 2006

"Simulador de voo" no Excel


O programa Microsoft Excel dispensa apresentações. É uma ferramenta de trabalho indispensável em muitas actividades e profissões. «É uma ferramenta de trabalho», disse eu? É, de facto é uma ferramenta de trabalho... mas não só. Também pode servir para brincar, graças a uma espécie de simulador de voo que traz incorporado em si mesmo, de uma forma bastante encapotada.

Então, para se poder voar com o "simulador de voo" devem seguir-se os seguintes passos:

1. Abrir uma folha em branco no Excel;

2. Carregar na tecla F5 ou seleccionar Edit -> Go To, que dá o mesmo resultado;

3. Na pequena janela Go To que aparece, escrever, no campo Reference, L97:X97;

4. Carregar na tecla Enter ou, se se preferir, seleccionar o botão OK com o rato; se surgir uma mensagem de erro, repetir o passo 2, escrever R97C12:R97C24 no campo Reference da pequena janela Go To e carregar em Enter ou em OK;

5. Carregar na tecla Tab (tabulação) uma vez;

6. Carregar simultaneamente nas teclas Control e Shift;

7. Mantendo estas teclas carregadas, seleccionar com o rato o ícone Chart Wizard;

8. Et voilà!!! O "avião" é controlado pelo rato;

9. Sai-se do "simulador de voo" carregando na tecla Escape;

10. Para se voltar ao "simulador" é preciso fechar o Excel, voltar a abri-lo e repetir os passos 2 a 7.

Aposto que o pessoal da Microsoft que fez o Excel introduziu este "simulador" no programa à sucapa, sem o Bill Gates saber... Agora de certeza que ele já sabe, é claro!

Comentários: 1

Blogger Denudado escreveu...

Como eu tenho um Excel antigo, o Excel 97, não me apercebi até agora de que a versão mais recente do programa, o Excel XP, já não possui o "simulador" incorporado.

Uma decisão de um tribunal impôs à Microsoft que todas as funcionalidades dos seus programas tenham que ser devidamente documentadas. Como o "simulador" não estava documentado, foi suprimido.

As instruções que dei para se aceder ao "simulador de voo", portanto, só se aplicam às versões antigas do Excel. As minhas desculpas.

Denudado

15 fevereiro, 2006 12:19  

Enviar um comentário