02 julho 2006

Notícias em latim


Aqui está, em latim, a notícia da vitória da selecção portuguesa de futebol sobre a da Inglaterra:

In certaminibus pedifollicis ad quattuor optimos deligendos Portugallia et Anglia retibus inviolatis lusioni finem imposuerunt; calces e gypseo disco proiecti Lusitanis 3-1 victoriam tribuerunt, qui cum Brasilia aut Gallia certabunt.
Outra notícia, também em latim e ainda mais recente, em que se dá conta da vitória da selecção francesa sobre a brasileira e da realização do próximo jogo entre Portugal e a França:

Gallia cum Portugallia Mercuri die certabit, postquam magna cum virtute Brasiliam mediocriter ludentem 1-0 vicit: follem in rete proiecit Thierry Henri aggressor, optime lusit Zinédine Zidane.

A seguir, ainda outro exemplo de uma notícia em latim, esta já desactualizada:

DILI - Praeses Timoris Orientalis, Xanana Gusmao, protulit se suam dimissionem cras petiturum ex Parlamento si primarius minister, Mari Alkatiri, "non assumpserit causam" atrocis discriminis, quod civitas patitur.
Como se vê, é possível narrar factos actuais numa língua que deixou de ser falada há muitos séculos, a não ser em actos litúrgicos no âmbito da Igreja. O latim mostra assim ser dotado de uma notável capacidade para se adaptar aos novos tempos, às novas técnicas e às novas situações.

Além do Ephemeris, de onde estas notícias foram retiradas, há outros sítios na Web em que se podem encontrar notícias em latim, algumas muito atrasadas:

- A Rádio Vaticano, como não podia deixar de ser, tem uma página em latim;

- A rádio finlandesa YLE transmite semanalmente um noticiário em latim, embora ele esteja agora suspenso por motivo de férias (a próxima emissão será em Setembro); este noticiário também é disponibilizado em podcast, além de poder ser ouvido em FM no interior da Finlândia e em ondas curtas em todo o mundo, assim como pela Web; o noticiário costuma ser lido com um carregado sotaque finlandês;

- A emissora alemã Radio Bremen também transmite um noticiário em latim, que é apenas mensal; pode ser ouvido na cidade de Bremen em FM, assim como na Web, onde é disponibilizado igualmente em MP3 para descarga e podcast.

Não deixa de ser curioso que o latim seja "ressuscitado" em países onde ele nunca foi falado, como a Alemanha e a Finlândia, enquanto que em Portugal ele permanece morto e enterrado.

Comentários: 4

Blogger dora escreveu...

: )

04 julho, 2006 01:13  
Blogger Kafé Roceiro escreveu...

Convido para conhecer meu blog. Afinal serás bem vindo no Kafé Roceiro - Humor e Cinema.
Forte abraço,
"Minha pátria é a língua Portuguesa".

04 julho, 2006 19:54  
Blogger Mankakoso escreveu...

Mi linkaste lá, mô bróda Desnudas?
Bala bala!!!!!! Ngasakidila.
A sua brógue é bwé intrektual. Lhi kurti paka!
Vou vire aki sempre me kultiváre lá!
Kandandu kamba dyami.

05 julho, 2006 01:57  
Blogger Denudado escreveu...

Tanaku, Mankakoso, a este blog "intelectual". Espero que não o ache muito chato. Apareça sempre. Kandandu pal'eye wê, pang'yami.

P.S. - O quimbundo em escrita fonética não parece quimbundo nem nada... Prefiro a ortografia usada durante mais de um século, sem Ws nem Ys. Assim: Kandandu pal'eie uê, pang'iami.

06 julho, 2006 00:59  

Enviar um comentário