15 junho 2010

O esplendor do Barroco no Algarve


Interior da Igreja de São Lourenço dos Matos, Almancil, Loulé (Foto: herbert.schlemmer)


Apesar de ser pequena e de ter um aspeto exterior relativamente modesto, a Igreja de São Lourenço dos Matos, mais conhecida como Igreja de São Lourenço de Almancil, merece uma visita muito atenta. Localiza-se na freguesia de Almancil, concelho de Loulé, nas imediações da Estrada Nacional 125. É identificável pela sua cúpula, dado que não é frequente encontrar-se uma igreja tão pequena provida de cúpula.

O que esta igreja tem de notável é o seu interior, que está revestido de painéis de azulejos azuis e brancos que representam a vida de São Lourenço. Estes painéis foram feitos em 1730, por Policarpo de Oliveira Bernardes, e dão uma atmosfera de extraordinária frescura ao interior do templo.

Em Portugal, ao contrário do que sucede em outros países europeus, as igrejas barrocas costumam ser sombrias, pesadas e soturnas. Isto deve-se ao uso e abuso da talha dourada, que costuma ser tanta e estar tão carregada de volutas e floreados, que os templos acabam por perder toda a beleza e toda a harmonia. A Igreja de São Lourenço dos Matos, pelo contrário, consegue transmitir uma sensação diametralmente oposta, ainda que os seus painéis de azulejos também estejam carregadíssimos de elementos decorativos e ainda que também possua talha dourada no seu altar-mor. Na verdade, enquanto as outras igrejas barrocas portuguesas são quase todas opressivas e sufocantes, esta é libertadora e gloriosa. Vale a pena conhecê-la.



Exterior da Igreja de São Lourenço dos Matos, Almancil, Loulé (Foto: iguana_intertainment)

Comentários: 0

Enviar um comentário