14 novembro 2012

Só Deus!

Só Deus!, óleo sobre tela do pintor português Francisco Metrass (1825-1861), Museu do Chiado, Lisboa. Uma das obras mais representativas da pintura do Romantismo em Portugal, esta dramática tela mostra-nos uma mulher, com uma criança ao colo, sendo arrastada pelas águas do dilúvio universal

Comentários: 1

Blogger Rogério Pereira escreveu...

Não há dilúvio que nos atinja
E as mulheres que portam filhos ao colo vão rareando
Acho, que de ambos, estamos precisando
Ou disso, ou de outra coisa qualquer...

14 novembro, 2012 22:59  

Enviar um comentário